Notícias a toda hora!

Homem palestino é preso após mensagem de “bom dia” no Facebook

Mundo  Homem palestino é preso após mensagem de “bom dia” no Facebook
Foto: Reprodução

Nem todo mundo gosta de mensagens de “bom dia” no Facebook e no Whatsapp, mas ninguém esperava que um rapaz palestino fosse preso por isso.

O problema, não está na mensagem, mas na tradução inacreditavelmente errada processada pelo Facebook, que transformou uma mensagem amigável em uma ameaça.

Veja Também: Juliana Paes acaba mostrando demais em vestido super atraente no casamento de Marina Ruy Barbosa; Confira

 

Mundo  Homem palestino é preso após mensagem de “bom dia” no Facebook
Foto: Reprodução

O garoto palestino trabalha com construção na periferia de Jerusalém, e postou uma foto ao lado de uma escavadeira com a legenda “yusbihuhum” em arábico. A ferramenta de tradução da rede social traduziu a mensagem para “ataque-os” em hebraico e “machuque-os” em inglês.

Se o rapaz fosse realmente confundido com um terrorista, poderia ter sido baleado ou morto durante a ação. A ocorrência poderia ter sido bem pior. Felizmente, nada aconteceu.
A rede social admitiu a falha em comunicado do site Gizmodo, assinado pelo gerente de engenharia no grupo de tecnologias de linguagem Necip Fazil Ayan.

Veja Também: Veja finais ‘alternativos’ dos personagens de A Força do Querer; confira.

“Infelizmente, o nosso sistema de tradução cometeu um erro na última semana que interpretou mal o que um indivíduo havia postado. Pedimos desculpas a ele e à sua família pelo erro e pelos problemas causados”, diz o texto.

Veja Também: Atriz Bianca Bin passa mal e pede para parar gravação de uma cena de estrupo em “O Outro Lado do Paraíso”

O sistema de tradução do Facebook adapta 4,5 bilhões de publicações por dia, é realizado inteiramente por inteligência artificial. No ano de 2016, a empresa abandonou o uso do Bing para realizar traduções para apostar em tecnologia própria. Ao que sabem as máquinas não foram treinadas para lidar com o idioma árabe.

você pode gostar também